“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”
Clarice Lispector

 

E por que é tão difícil parar de fumar?

A pessoa que fuma fica dependente da nicotina, encontrada em todos os derivados do tabaco (charuto, cachimbo, cigarro de palha, etc). Esta substância produz a sensação de prazer, modificando assim o estado emocional e comportamental dos indivíduos, da mesma forma como ocorre com a cocaína, heroína e álcool. Ela chega ao cérebro em apenas 7 a 9 segundos. Este é um fator recompensador, um reforço positivo.

Portanto, ao parar de fumar, os primeiros dias sem cigarros são os mais difíceis, pois será interrompido este fator de prazer recompensador. Aparecem sintomas desagradáveis da abstinência; os mais comuns são a irritabilidade, a fissura, depressão, insônia, ansiedade, aumento do apetite e dificuldade de concentração. Este é um reforço negativo, porém, as dificuldades tendem a ser menores a cada dia.

E muitas pessoas têm medo do fracasso, de tentar e não conseguir.

 

03_tabagismoComo é e quanto tempo dura a abstinência do cigarro?

Quando o fumante pára de fumar, pode apresentar alguns sintomas desagradáveis. Esses sintomas não acontecem com todos os fumantes que param de fumar. Quando acontecem, tendem a desaparecer em uma a duas semanas (alguns casos podem chegar a 4 semanas).

O sintoma mais intenso, e mais difícil de se lidar é a chamada “fissura” (grande vontade em fumar). É importante saber que a “fissura” geralmente não dura mais que 5 minutos, e tende a ficar mais tempo que os outros sintomas. Porém, ela vai reduzindo gradativamente a sua intensidade e aumentando o intervalo entre um episódio e outro.

 

Já tentei várias vezes, mas sempre voltei a fumar. Será que um dia conseguirei parar em definitivo?

Sendo o tabagismo uma dependência química, é esperado que a pessoa faça de 3 a 4 tentativas antes de parar definitivamente. Provavelmente, você apenas não encontrou ainda o método de parar que funcione melhor para você. Procure ajuda especializada. Dê várias chances a si mesmo, até conseguir!

 

Eu vou engordar se parar de fumar?

Se a fome aumentar, não se assuste, é normal um ganho de peso, pois seu paladar vai melhorando e o metabolismo se normalizando, mas não é regra. Há quem não ganhe peso nenhum ao deixar o tabagismo. É frequente acontecer um ganho de até 4kg nos primeiros meses; este tende a ser perdido cerca de 1 ano depois; uma vez que você se sentirá mais bem disposto e mais apto a prática de exercícios físicos, inclusive como forma de contornar a ansiedade.

As medicações, atualmente utilizadas para ajudar na abstinência, também ajudam a controlar um eventual ganho de peso; por isso, converse com seu médico se o medo de engordar está impedindo-o de decidir parar.

 

Existe tratamento para o tabagismo?

Sim, sabemos que a Terapia Cognitivo Comportamental traz resultados positivos pelas técnicas de:

  • Intervenção cognitiva
  • Treino de habilidades
  • Estímulo de autocontrole

Esta abordagem favorece a autoestima do indivíduo que se torna o agente de sua mudança.

Existem ainda medicamentos que podem dobrar a chance do fumante conseguir parar, diminuem os sintomas de abstinência e evitam recaídas, porém, necessitam de acompanhamento médico.

Em média 80% dos fumantes manifestam desejo de parar; destes, 35% tomam alguma medida neste sentido e apenas 5% conseguem, portanto, a ajuda profissional é valiosa neste caminho.

O mais importante é escolher uma data para ser o seu primeiro dia sem cigarro. Este dia não precisa ser um dia de sofrimento. Faça dele uma ocasião especial e procure programar algo que goste de fazer para se distrair e relaxar.

 

Por que parar de fumar?

Se você parar de fumar agora:

  • após 20 minutos, sua pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal, após 2 horas não há mais nicotina no seu sangue;
  • após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
  • após 2 dias, seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar já degusta a comida melhor;
  • após 3 semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação sanguínea melhora;
  • após 10 anos, o risco de sofrer infarto do coração será igual ao de quem nunca fumou, e o risco de desenvolver câncer de pulmão reduz à metade;
  • após 20 anos, o risco de desenvolver câncer de pulmão será quase igual ao de quem nunca fumou.

 

Leia alguma dicas aqui (dicas do blog)